EXAME CITOLÓGICO: UM MÉTODO DIAGNÓSTICO
THAÍS CORRÊA COSTA MÉDICA VETERINÁRIA ESPECIALISTA EM PATOLOGIA ANIMAL CRMV-PR 11.320

O exame citológico é um método de diagnóstico que auxi­lia o médico veterinário no diagnóstico, no prognóstico e na conduta dos casos (RASKIN E MEYER, 2012). Em um estudo retrospectivo feito de 1996 a 2006 em uma universidade ob­servou-se um incremento no número de amostras enviadas para diagnóstico citológico na ordem de 88% e declarou que isto é um reflexo do interesse dos clínicos veterinários pelo exame (ROSETTO et al, 2009).

A interpretação do exame citológico deve ser realizada correlacionando-se as características morfológicas das células com dados obtidos a partir da resenha, anamnese, exame físi­co, aspectos macroscópicos da lesão, localização anatômica e outras informações adicionais (ROSETTO et al, 2009).

As vantagens de ser um método diagnóstico seguro para o animal e de custo baixo são claras e compensadoras para a medicina veterinária assim como para a medicina humana (BRACARENSE e REIS, 1997; ROSETTO et al, 2009). Uma barreira desse exame é que ele não é confirmatório, como concluiu (ROSETTO et al, 2009) citando que o exame cito­lógico apresenta muitas vantagens, mas não se deve excluir o exame histopatológico.

Para averiguar a eficácia do exame citológico, Bracarense e Reis (1997) analisaram 600 amostras pelo método de citolo­gia aspirativa e histopatológica e demonstraram 92% de con­cordância nos diagnósticos das amostras analisadas.

Com as vantagens do exame citológico observa-se uma crescente demanda por este exame por parte dos médicos veterinários. E os estudos publicados demonstram uma eficá­cia e rapidez no diagnóstico auxiliando na conduta dos casos diagnosticados.

REFERÊNCIAS:

BRACARENSE, A.P.F.R.L.; REIS, A.C.F. Citologia aspirativa em animais domésticos: Estudo retrospectivo. Semina: Ciências Agrárias, v. 18, n. 1, p. 27-32, 1997.

RASKIN R.E.; MEYER, D.J. Citologia clínica de cães e gatos: atlas colorido e guia de interpretação. 2.ed., Philadelphia: W.B. Saunders, 2012.

ROSETTO, V.J.V.; MORENO, K.; GROTTI, C.B.; REIS, A.C.F.; BRACARENSE, A.P.F.R.L. Frequência de neoplasmas em cães diagnosticados por um exame citoló­gico: estudo retrospectivo em um hospital-escola. Semina: Ciências Agrárias, v. 30, n. 1, p. 189-200, 2009.

« Voltar